Páginas

quarta-feira, novembro 03, 2010

lembrança viva

Vejo outro dia indo,
E eu aqui, estática...
E levo te olhando, de longe..
Te vejo sorrir, te vejo caminhar,
Faço que não vejo...
Improviso um descaso...

Corro em um instante inexato,
Te encontro no mesmo lugar...
E tu me arrebatas,
Tão forte quanto o primeiro toque,
Tão marcante quanto teus olhos...

E vejo outro dia chegar,
Mais um dia sem ti,
Um dia a menos pra ti...
Sem saber se vivi ou se sonhei
Sem a certeza se este gosto existe
Ou se fui eu quem inventei...

Corre aqui, sussurra mais uma vez...
Repete as frases ensaiadas,
Me diz que andou lendo minhas cartas..
Toca mais uma vez o nosso som...
Fecha os olhos, deixa eu te sentir...
Sem cores, todas as nossas cores...

[minha saudade é uma lembrança viva]

6 comentários:

  1. Muito lindoooo!

    ResponderExcluir
  2. Queria ter sempre tanta inspiração assim...

    ResponderExcluir
  3. Saudades são sempre vivas, né? (:

    Tem selo pra você.
    :*

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia. Amei!


    Estou seguindo... Quando puder, me faça uma visita: http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/

    Beijos

    ResponderExcluir

Vivendo o Óbvio Utópico...