Páginas

segunda-feira, outubro 25, 2010

Iniciais


Minhas entrelinhas guardam teu nome,
Tuas iniciais marcadas em mim,
Feito tatuagem, lembranças.

As fotos, músicas, evidências da saudade,
Aquela página marcada por ti...
Os versos já decorados por mim.

Ruas sem cor, pintadas com tua aquarela,
Noites aquecidas na tua respiração,
O bom dia contornado no teu semblante.

Todas as paredes guardam teus sussurros,
Testemunham uma frase de amor...
Se perdem a sonhar o nosso sonho

Sigo te buscando nos risos soltos pelo ar,
Em palavras que escorrem por mim;
E no perfume que agora mora aqui...

Um comentário:

  1. Lindo poemaa,
    nada como sentir o amor, a paixão em tudo que há pra se lembrar.

    ResponderExcluir

Vivendo o Óbvio Utópico...